Regulamento de participação para Artesãos e Mercadores

Normas de participação de artesãos e mercadores

4.ª edição do Festival

A APPACDM de Albergaria-a-Velha, volta a levar a efeito o “Festival Romano: Talabrigae ex libris”, que decorrerá nos dias 7, 8 e 9 de junho de 2019, no parque de Porto Riba, Soutelo, Branca, Albergaria-a-Velha. O objetivo do evento mantem-se na angariação de fundos para a edificação do novo lar de apoio aos cidadãos portadores de deficiência mental, projeto protagonizado pela referida associação. Tendo também como objetivos ser um promotor da cultura local e regional, pretendendo mostrar a importância do legado romano para a nossa identidade.
Podem participar neste festival todas as associações, pessoas e entidades que se identifiquem com o objetivo deste Festival, uma vez que é nosso propósito que no certame todas as entidades possam juntar-se ao Festival Romano: “Talabrigae ex libris”, destinando-se prioritariamente a associações de concelho de Albergaria-A-Velha. Todavia, em face, do carácter solidário do evento, solicitamos a todos os participantes que contribuam com a verba que entenderem ajustada a si, no final do Festival.
A elaboração do presente regulamento tem como objetivo a maximização da recriação histórica do período áureo do Império Romano, bem como o estabelecimento de regras claras de participação por parte de mercadores, artesãos e artificies interessados.

É objeto do presente regulamento a atribuição de espaços e tarefas, para reconstituir o quotidiano romano e celta do século II a. C., , tendo como principais objetivos:

  • a função pedagógica/lúdica;
  • a recriação histórica do comércio, das artes e ofícios do império romano
  • a apresentação do artesanato nacional e internacional.
O presente regulamento destina-se à atribuição de espaços de exploração a artesãos e mercadores que promovam a venda e/ou a demonstração de materiais e produtos característicos da época romana.
  • Artesãos: todos os que promovam a venda/mostra de produtos/materiais de produção própria e de forma artesanal;
  • Mercadores: todas as entidades singulares ou coletivas que promovam a venda de produtos/materiais enquadrados na época romana e que não sejam produzidos pelos próprios.
  1. Local: O Festival Romano: “Talabrigae ex libris” realizar-se-á, no parque de Porto Riba, Soutelo, Branca, Albergaria-a-Velha;
  2. Duração: nos dias 07, 08 e 09 de Junho;
  3. Horário de funcionamento do Festival:
    • Dia 07 – 18h00 até 00h00;
    • Dia 08 – 12h00 até 00h00;
    • Dia 09 – 11h00 até 20h00.
  4. Os participantes ficam obrigados a manter os espaços abertos ao público e funcionar em pleno durante os períodos definidos no numero anterior;
  5. O incumprimento do disposto no número anterior poderá determinar a exclusão da entidade, sem que lhe assista qualquer direito a reclamar quaisquer danos;
  6. Período de Montagem, Desmontagem e reposições de stocks:
    • Montagem das estruturas, cargas e descargas e apetrechamento de objetos/materiais e outros até às 16h00 do dia 07-06-2019;
    • Reposição de stocks e outros:
      • Até às 11h00 dia 08/06/2019;
      • Até às 10h00 dia 09/06/2019;
      • Após o final do dia, de acordo com as indicações dos elementos da segurança.
  7. Desmontagem: 09-06-2019 após termino do evento, no máximo até ao dia 10-06-2019;
  8. Não é permitida, a qualquer título, a permanência e deslocação de viaturas dentro do recinto durante as horas de funcionamento do Festival, nem para além do seu encerramento;
  9. A segurança dos pertences das entidades, será da responsabilidade dos mesmos;
  10. A organização não autoriza, por razões de segurança, que qualquer entidade pernoite nos respetivos espaços;
  11. A organização disponibiliza o pavilhão municipal, para banhos e pernoitas, sujeito a pedido prévio;
  12. A organização não se responsabiliza por quaisquer danos decorrentes de intempéries, participação em rixa por terceiros, sejam eles visitantes do evento ou participantes no mesmo.
  1. Os Participantes devem privilegiar na sua apresentação os produtos sugeridos pela organização, de acordo com as sugestões de artes preconizadas pela organização, respeitando nomeadamente a lista de produtos e materiais a usar e proibidos, anexo I às presente normas;
  2. Durante o período de realização do Festival, os participantes só podem vender ou produzir exclusivamente os materiais e os produtos que foram indicados na ficha de inscrição;
  3. Os Participantes terão que montar a tenda e decorar os seus espaços, os quais deverão obedecer às seguintes orientações:
    • Os motivos e materiais utilizados na decoração ambiente devem recriar o período do Império Romano;
    • A identificação do espaço deve ser feita através de matérias como papel pardo, lousa, tecido ou madeira, sendo que esta deve ser feita de forma uniformizada por todas as associações em todo o festival, de acordo com informação fornecida pela organização;
    • Os vendedores terão de estar obrigatoriamente trajados com vestes da época nas respetivas tendas.
  4. Cada participante é responsável pela limpeza e segurança interna dos espaços, bem como pelos seus bens;
  5. Os participantes devem afixar logo no primeiro dia do evento os preços dos artigos, nos termos da legislação vigente, em lugares visíveis, utilizando para o efeito suportes como o papel pardo, madeira ou lousa;
  6. O preçário deve manter-se inalterado desde o início do evento até ao encerramento do mesmo, sob pena de exclusão do Festival;
  7. Todos os produtos vendidos devem ser embrulhados, se necessário, em papel pardo, cartão, serapilheira e pano-cru, podendo ainda ser utilizados fios de sisal ou algodão;
  8. Os participantes ficam obrigados a manter os espaços abertos ao público durante o período e horário de funcionamento do Festival;
  9. As tendas devem estar devidamente equipadas à hora de abertura do Festival;
  10. É da responsabilidade dos participantes zelar pelos seus produtos e pela sua tenda ou banca (mesmo que esta seja cedida pela organização), em caso de condições climatéricas adversas;
  11. Os participantes devem precaver-se de proteções para as suas tendas. A sua utilização deve ser limitada a casos de evidente necessidade e devem ser retiradas imediatamente após comunicação da organização;
  12. Os produtos alimentares para venda devem respeitar as normas relativas à higiene dos géneros alimentícios, nomeadamente, no que se refere à conservação e manuseamento;
  13. No caso de autorizado algum tipo de venda de bebidas, o fornecimento das mesmas será obrigatoriamente efetuado com recurso aos copos oficias do Festival, os quais serão disponibilizados pela organização sob regras a definir;
  14. Não é permitida a utilização do logotipo do Festival Romano – Talabrigae Ex Libris em produtos à venda no evento, com exceção dos previamente autorizados pela organização.

Constituem deveres da Organização os seguintes pontos:

    1. Atribuição de espaço;
    2. Instalação elétrica, de acordo com um máximo de potência a fixar pela Organização, não podendo em caso algum essa potência ser ultrapassada sem previa autorização da organização;
    3. Limpeza do recinto do Festival;
    4. Animação;
    5. Segurança do espaço público, excetuando-se a responsabilidade por eventuais furtos ou danificação de materiais propriedade dos participantes.
    6. Fornecimento de copos e bebidas, de acordo com oficio/regras a entregar;
    7. Facultar credenciais de entrada e circulação durante os três dias do festival às associações/entidades, em número solicitado por cada, tendo de ser claro o fundamento da necessidade do número de credenciais pedida;
    8. Caberá à organização a decisão do número de credenciais a atribuir a cada caso, podendo a organização entender facultar número de credenciais diferentes dos solicitados, sem necessidade de apresentação de qualquer justificação.
  1. Os artesãos / mercadores interessados em participar no “Festival Romano: Talabrigae ex libris” deverão preencher e assinar a ficha de inscrição a facultar pela organização, fornecendo todos os dados solicitados. Uma inscrição só será considerada válida se o respetivo formulário for validado pela organização.
  2. Envio da ficha de inscrição poderá ser feito por correio, para o endereço da APPACDM de Albergaria: Rua da Cavada, nº 22 – Soutelo, 3850-516 Branca ALB. Ou poderá ser entregue em mãos na dita associação ou via email: artesaos@festivalromano.pt, ou através do nosso site: www.festivalromano.pt
  3. A inscrição obriga o artesão / mercador a respeitar e cumprir o Regulamento do “Festival Romano: Talabrigae ex libris”, bem como implica a aceitação de todos os pontos constantes nestas normas.
  4. Todos os artesãos / mercadores serão informados através de notificação via e-mail (ou por outra via, na impossibilidade de utilização de e-mail) da seleção da sua inscrição, devendo os artesãos / mercadores em caso de desistência informar a organização até pelo menos 15 dias úteis antes do início do evento.

A Organização do evento reserva-se o direito de selecionar as inscrições recebidas, em função: – do espaço físico disponível, – tendo em conta a adequação das mesmas à temática do evento, – participações anteriores (majoração positiva e/ou negativa), – objetivos definidos, – diferenciação do(s) produto(s) – timing da inscrição; – outras que sejam consideradas pertinentes/diferenciadoras. 

  1. Podem participar no Festival, associações, entidades particulares ou coletivas, ou outras que se comprometam a respeitar as presentes normas; 
  2. A organização reserva-se o direito de rejeitar as inscrições das associações, entidades ou outros que não se enquadrem no âmbito e objetivos do evento, podendo acrescentar ou diminuir as condições exigidas sempre que entenda justificável. 
A distribuição dos espaços será discricionariamente efetuada pela Organização, não sendo admitidas reclamações.
Os participantes devem observar as seguintes regras:

  • Manter as instalações limpas e em boas condições de higiene, de modo a evitar risco de contaminação dos géneros alimentícios e a presença de animais nocivos; 
  • Colocar os produtos expostos, em recipientes próprios, pelo menos a 20 cm do solo e ao abrigo das condições climáticas ou de outros fatores poluentes; 
  • Cobrir, obrigatoriamente, os produtos alimentares; 
  • Apresentar-se com cuidadosa higiene corporal, efetuar lavagem frequente das mãos com sabão; 
  • Impedir que o responsável pela caixa seja ao mesmo tempo manipulador de alimentos; 
  • Zelar para que os artigos, utensílios e equipamentos de restauração estejam limpos e em bom estado de conservação, eliminando do uso objetos sujos ou danificados. 
  1. A organização procederá à fiscalização das tendas/barracas de comes e bebes, bem como dos artesãos / mercadores, de forma a verificar a conformidade da sua atividade com as normas presentes neste documento; 
  2. As associações, entidades ou outros que não cumprirem com as normas do presente regulamento, poderão ser excluídos do Festival, que em casos extremos determinará a imediata exclusão do evento sem que tal implique qualquer responsabilidade para a Organização; 
  3. Materiais inapropriados e inadequados, nomeadamente plásticos, neons, materiais fluorescentes e outros que sejam manifestamente agressivos ao espírito desta recriação histórica serão confiscados pela organização.
  1. A inscrição neste evento implica a aceitação tácita, por parte dos candidatos, todas as condições expressas nas presentes normas, significando o compromisso do seu estrito cumprimento; 
  2. Das decisões da Organização não haverá qualquer recurso; 
  3. Os participantes no evento que, com as respetivas viaturas e/ou outros equipamentos danifiquem estruturas ou bens instalados no recinto serão responsabilizados pelos mesmos assumindo todas as responsabilidades e os custos daí decorrentes; 
  4. A organização não se responsabiliza por qualquer reclamação relativa à qualidade dos produtos comercializados no interior da mesma. 
Os candidatos selecionados não podem ceder a terceiros a sua posição contratual, sem o prévio consentimento da organização.
Os esclarecimentos necessários à boa compreensão e interpretação das regras do presente regulamento, devem ser solicitadas através dos seguintes contactos: 

Quaisquer dúvidas e/ou casos omissos nestas normas serão resolvidos/dirimidos pela Organização.

Lista de alguns produtos e materiais sugeridos ou não permitidos às Tabernas

Neste separador encontrará uma lista de produtos não permitidos pela organização do Festival Romano.

Produtos alimentares
  • Amendoins, pistácios
  • Bebidas em lata
  • Bebidas ou qualquer produto com rótulo
    (a menos que imita letra da época)
  • Milho
  • Café
  • Colorau
  • Sobremesas com açúcar visível
  • Fruta tropical
  • Massas alimentares
  • Óleos alimentares
  • Pimenta
  • Produtos embalados em plástico, celofane ou lata
  • Pacote de batata frita
  • Tomate
Outros
  • Aparelhos eletrónicos ou a gás
  • Baldes ou outros recipientes ou utensílios plásticos
  • Cigarros
  • Encerados ou lonas de cobertura
  • Facas e utensílios de corte com aspeto moderno (a evitar)
  • Garrafas ou garrafões plásticos
  • Vidro
  • Redes metálicas

Nesta secção encontrará uma lista de produtos permitidos e sugeridos pela organização do Festival Romano.

Produtos alimentares
  • Mel
  • Ovos
  • Aves
  • Azeitonas
  • Aguardente
  • Carne Porco, Vaca e Caça
  • Ervas aromáticas e de cheiro
  • Grão de bico
  • Pão
  • Peixe fresco, salgado ou seco
  • Produtos hortícolas
  • Queijos (evitar de vaca)
  • Sal
  • Tremoços
  • Vinho branco e tinto
  • Frutos secos (figos, centeio, aveia, cevada)
  • Enchidos
  • Feijão frade
  • Mariscos e Moluscos
  • Chás de ervas
  • Cogumelos
Outros
  • Esteiras
  • Flores
  • Louça de barro (de preferência não vidrada)
  • Papel Pardo
  • Tecidos crus
  • Utensílios de madeira sem aparência de fabrico mecânico / industrial
  • Latoaria
  • Ementas e preçários em letra gótica
  • Peles

Contactos

Festival Romano - Talabrigae Ex Libris
Parque Porto de Riba, Soutelo - Branca
3850-587, Albergaria-a-Velha
Aveiro, Portugal

E-mail: geral@festivalromano.pt
Telemóvel: (+351) 918 795 674

logos-site-02




Copy link
Powered by Social Snap