Informa-se a todas as pessoas e entidades interessadas, que o prazo de inscrição para Artesãos e Mercadores termina amanhã, dia 31 de maio.

No período romano, são vários os registos que comprovam que as feiras e os mercados retratavam constituintes de grande relevância económica e social, sendo considerados locais favorecidos de encontro, que agregavam inúmeras pessoas na época.

Pode-se considerar a arte da Roma Antiga uma das manifestações mais importantentes da sua cultura acabando por ser, sem sombra de dúvidas, das mais ricas fontes de estudo para a compreensão do mundo romano como um todo. Os romanos derivaram a sua arte dos povos itálicos, em que se destaca o etrusco que, no período da monarquia, tê-los-ia dominado política e culturalmente. No entanto, ainda que se orgulhassem de serem “herdeiros culturais” dos gregos, com o avançar do tempo foram capazes de introduzir leituras inovadoras no conhecimento já angariado até ao momento, adicionando elementos e criando uma identidade cultural própria que os veio a tornar cada vez mais autónomos.

Paralelamente à sua arte, o comércio do Império Romano era um setor importantíssimo da economia durante a República, no início e no decorrer de uma grande parte do período imperial, pois eram realizadas diversas feiras com o objetivo de promover o trabalho manual e, claro, a vertente social do povo.

 

Assim, os arteãos e mercadores que pretendem marcar presença, como forma de exposição da sua arte/negócio, na 4.ª edição do Festival Romano – Talabrigae Ex Libris, que realizar-se-á de 7 a 9 de junho, deverão submeter as suas candidaturas online até às 23:59h do dia supracitado, com vista a obterem aprovação em tempo útil.

126 Shares

Deixe um comentário

Copy link
Powered by Social Snap